sexta-feira, 27 de maio de 2011

politicians

honestamente, a cada dia que passa eu fico mais enjoado em ler o noticiário sobre política no brasil.
como pode ter tanta sujeira, tanta maracutaia - muitas vezes descaradas - e nunca acontecer nada!
por vezes, sinto-me um idiota, por sentir o sangue ferver com notícias de desvios de verbas milionárias favorecidas por políticos daqui e dali.
mais impressionante ainda - é a cara de pau, dos "sarney" da vida - que soltam declarações com aquela cara de "paisagem", transparecendo uma tranquilidade absurdamente irritante, de que "tudo está sob controle"; "de que devemos deixar a justiça investigar e punir os culpados..."
ora! vai mentir na casa da mãe! como se a tal "justiça" no brasil fosse imune ao lodo da corrupção que permite o país afundar cada dia mais!
odeio políticos! e odeio todos aqueles "aspones", todos aqueles que estão ao redor de políticos, e de certa forma participam de todo esse circo de falácias!
todo esse cenário nebuloso e podre, faz aumentar a cada dia o desejo de desaparecer dessa terra, e deixar de uma vez o brasil pra trás!

terça-feira, 8 de março de 2011

foda-se coletivo

e para a tristeza de muitos e alegria de poucos, o feriado momesco aproxima-se do fim!
não é preciso dizer que pertenço ao grupo dos poucos - só para não variar!
mas é fato que a grande maioria curte o feriado. talvez simplesmente por ser mais um feriado e por consequencia, mais uma oportunidade para fugir da rotina, do trânsito, das metas do trabalho, do chefe babaca ou mesmo, chance para colocar o sono em dia! uma espécie de válvula de escape da galera, quase um foda-se coletivo!
fugas pessoais a parte, parece que o feriado de carnaval tem aquele tempero latino mais forte, que acaba "apimentando" as coisas nas terras tupiniquins. obviamente que a essa altura do campeonato, uma "água de briga" vai que vai! a tal da "mardita" - também conhecida como "assovio de cobra", "mandureba" ou mesmo "branquinha" - domina geral e o estrago está garantido! tudo em nome do carnaval! que beleza, que alegria....cana e putaria!
até que vem a quarta de cinzas, data a qual ainda hoje não consigo associar com outra coisa que não seja o fim, o resíduo, os restos do que sobrou da folia nos dias (e/ou noites) anteriores!
a quinta-feira e a sexta-feira subsequentes seguem devagar, em um ritmo de ressaca.
alguns insistentes, ou privilegiados, ainda esticam até o domingão! mas a segunda-feira enfim, chega! então, todos então são obrigados a viver seu momento "fênix" - e tal qual na mitologia, renascem das cinzas, mas de "alma renovada" para encarar o "ano" que se inicia!
e então? então eu posso voltar pra casa! posso voltar pra PL! afinal, as cinzas também representam a erradicação de Mallacoceles villensis no litoral! alívio!
acho que é isso! depois do foda-se coletivo, um foda-se individual! feliz por ter minha casa de volta!
PL über alles! über alles PL!

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

efeito colateral

so far away....
este blog acabou sendo vítima das novas tecnologias!
por mais que eu tenha relutado, chegou o dia em que resolvi experimentar o iphone! desde então, com a possibilidade da "hiperconexão", simplesmente não consegui mais deixar o aparelho de lado!
na verdade, quem acabou ficando "de lado" foi o netbook por conta da comodidade de carregar "as ondas da web" no bolso! pra complicar, fui acomedido de outra virose tecnológica - o tal do facebook! estou mesmo "curtindo" as possiblidades de interação que a página oferece, além da "dinamicidade" da comunicação....por mais estranho que isso possa parecer!
enfim...deu no que deu - e sobrou para o blog!
mas a idéia e voltar a postar mais constantemente por aqui!
por hora é isso! see ya!


quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

a onda

acabei de ler “A Onda – Em busca das gigantes do oceano”, de Susan Casey. um trabalho bem bacana e muito bem conduzido pela autora. leitura obrigatória para aqueles que são apaixonados pelo o oceano. curti! vale a dica!

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

waterman

laird hamilton segue o conceito polinésio de "waterman", um código que exigia do surfista autoconfiança completa tanto no oceano como em terra.
um "waterman" é capaz de compreender seu ambiente. pode sentir as mudanças mais sutis do vento e saber como aquilo afetará a água. consegue navegar orientando-se pelos astros. além de surfar as ondas, sabe como elas funcionam.
mais do que tudo isso, um "waterman" sempre demonstra respeito apropriado por seu elemento. ele reconhece que o oceano atua em uma proporção que torna insignificantes até mesmo as maiores iniciativas do ser humano.
hamilton, é a representação moderna de um "waterman". talvez por isso seja capaz de produzir momentos como esses, surfando a onda do século em Teahupoo.
















mais do que isso, hamilton é adepto a uma filosofia muito interessante. suas palavras:


"existe uma escola de pensamento que diz que você não treina para aquilo que não quer que aconteça.... não quero saber conscientemente quanto tempo consigo ficar sem respirar. só sei que, por enquanto, consigo o tempo suficiente"
(A Onda - Em busca das gigantes do oceano. Casey, Susan / Rio de Janeiro: Zahar 2010 pp44)


em tempos de virada de ano, principalmente para aqueles que procuram novos "nortes" para suas vidas, fica a dica! por hora é isto! valeus!

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

viagem

pois então...
há pouco, via e-mail, me perguntaram "por onde andava"!
então percebi que minha vida é um vai e vem, faz e desfaz mala, dorme cada dia em um lugar que posso enfim concluir, que não sou mesmo uma planta! afinal, definitivamente, posso viver sem raízes!
a menos que eu seja um árvore de mangue, que tenha desenvolvido pneumatóforos..... seráááááá?
veja que as coisas podem começar a fazer sentido depois de um simples e-mail, de uma simples pergunta!
melhor dizendo....veja como as coisas podem perder o sentido depois de um simples e-mail!
enough is enough!

domingo, 12 de dezembro de 2010

sailing

acabei de ler "Lobos do Mar", de Torben Grael.
os caras botaram na água um mega-veleiro de 70 pés e se jogaram mar (ou oceano!) adentro!
ao final de 9 meses de disputa da Volvo Ocean Race - os caras havia percorrido mais de 57000 kilômetros disputando uma regata cuja proposta é bastante singela: dar a volta ao mundo!
uma verdadeira aventura com passagens muito sinistras, mas muito inspiradoras! coisa de profissional mesmo! velejada para verdadeiros homens do mar!
Grael, então na função de comandante da embarcação, descreve com muita sabedoria os diversos cenários desafiadores que encarou e as difíceis decisões que precisou tomar. uma verdadeira aula de liderança e de comprometimento com um time, com um objetivo.
palavras de Grael: "Nossa vida oceânica era assim um problema, um susto, uma pequena perda, uma solução".
muito legal! qualquer semelhança com a vida real, não é mera coincidência!


ano que vem tem mais! segundo organizadores, 7 times já estão confirmados para o próximo desafio! por hora, apenas 4 times se lançaram na mídia - os outros ainda estão "escondendo" o jogo!
a primeira etapa da Volvo Ocean Race 2011/12, será uma regata "in-port"em Alicante, na Espanha, no dia 29 de Outubro.
logo depois, dia 05 de novembro, os caras partem para o mundo....
o bacana dessa história toda, é que mais uma vez, uma escala está prevista para o brasil!
em uma das etapas, os caras partem de Auckland direto para Itajaí/SC, com chegada prevista para o início de abril. e melhor ainda, por lá mesmo está prevista uma regata "in-port" para o dia 21 de abril de 2012!
bora pra lá então, curtir e aprender um pouco mais com quem sabe!

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

darwin era punk

reprodução do texto publicado na seção "bloco de notas" da Revista Scientific American Brasil, número 103, dezembro 2010.

Darwin Era Punk - Músico e biólogo evolucionista Greg Graffin explica por que não existem boas músicas sobre ciência e como a evolução pode ser um guia para a vida.
Qual a relação entre a evolução e o punkrock?
A idéia por trás dos dois é o desafio à autoridade, o desafio ao dogma. É um processo de descoberta coletiva. É debate, é experimentação e é verificação das alegações que podem ser falsas.
Em seu novo livro, Anarchy evolution: faith, science and bad religion in a world without a God, você fala sobre a "exuberância anárquica da vida". O que quer dizer com isso?
O problema é: como você fala sobre seleção natural sem insinuar a rigidez da lei? Nós a usamos quase como uma participante ativa, quase como um deus. Na verdade, pode-se substituir a palavra "deus" por "seleção natural" em muitos trabalhos evolucionários e você pensaria estar ouvindo um teólogo. É um esquema que sabemos não existir, mas o ensinamos mesmo assim: mutação genética e algumas forças ativas escolhem aqueles mais favoráveis. Isso definitivamente não é uma explicação completa para o que acontece. Devemos parar de pensar em comportamentos como leis e abraçar os acasos.
Darwin era punk?
Ele era muito certinho por causa da cultura inglesa vitoriana, mas com certeza gostava de se reunir com os radicais. Existem fãs do punk que de certa forma permanecem nas sombras, que amam a música e o que ela representa, mas nunca na vida participariam da slam dance (saltar e se chocar em grupo uns contra os outros em um show). Darwin pode ter sido desse tipo de antiautoritário pensativo e contemplativo.
Existem boas músicas sobre ciência?
Não, não conheço nehuma. Muitos autores que foram sortudos o bastante para fazer sua música chegar ao rádio ou ser bastante ouvida não sabem nada sobre ciência. As boas músicas têm grande dose de metáfora. A maioria das músicas sobre ciência não tem disso. Como She blinded me with science. É uma música boba, que Thomas Dolby me desculpe.
Como a evolução pode ser um guia para a vida?
Quando você ganha na loteria ninguém pede para que você justifique. Se te acontece uma tragédia todos querem saber por quê. Todos querem que você a justifique. A maneira como vocô o faz, a estória ou narrativa que você conta, é a sua visão do mundo. O registro fóssil é um grande consolo para mim em tempos difíceis, porque me ajuda a reconhecer que o drama que está se desenrolando no planeta atualmente é um de uma série de episódios. No fim, a vida continua mesmo depois de uma catástrofe. Isso me traz conforto. Não me pergunte por quê.

esse foi Greg Graffin - vocalista principal do Bad Religion e conferencista em ciência da vida e paleontologia na UCLA.
boa Greg!

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

ecce homo

e ontem enterrei mais uma tartaruga.
foi a segunda do ano, praticamente na frente de casa. o que é muito mesmo, para uma pequena faixa de areia. dias atrás, conversando com o pessoal que faz o monitoramento, descobri que o número de carcaças trazidas até a linha de praia aumenta a cada ano.
eu tinha acabado de sair do mar, quando avistei a pequena carcaça na linha de maré alta, quase na restinga. pelo pouco que conheço, arrisco dizer que era uma juvenil da tartaruga verde (Chelonia mydas). cavei um buraco ali próximo mesmo....
provavelmente, mais uma pequena vítima da ganância humana, provavelmente ferida em espinhal ou mesmo descartada depois de cair acidentalmente em alguma rede dos pesqueiros. ou quem sabe, contaminada por resíduos plásticos que a pequena confunde como alimento. maldito ser humano! como pode ser tão espaçoso, tão folgado!
enquanto caminhava de volta pra casa, senti que toda aquela vibe positiva de uma manhã solitária de surf havia ido pro além; tamanha era minha indignação! estou mesmo de cara com o nível de destruição do planeta. a cada dia, a cada simples evento como esse me fazem acreditar que o ser humano é mesmo uma praga nesse planeta. certamente, terá vida muito curta por aqui. pois assim como contribuiu para a extinção de diversas espécies, sem perceber, contribui para a extinção dele mesmo; assim como um tumor incontrolável que absorve toda a energia vital de sua vítima até que o final de um, seja o final do outro.
chegará o dia que as condições do planeta estarão tão degradadas, em condições tão extremas para a manutenção de nossa vida, que a Terra deixará de ser o "nosso lar".
e o pior de tudo é que a grande maioria, a imensa maioria, não está nem aí pra isso! todos seguem o caminho do individualismo, do consumo extremo e do agora - zero compromisso com o amanhã, zero discernimento! pobre homem!
em breve, com o verão se aproximando, a horda de toscos tomará conta de nossas praias e mais uma vez, deixarão toneladas de lixo como "registro" de sua passagem. um povo mesmo - na essência mais pobre do verbete - que parece estar aqui para destruir, que parece sentir-se superior, proprietário e liberto para fazer e acontecer em um dia de praia. puta gente porca e mau educada. as vezes tenho vontade de juntar cada latinha, cada papel de sorvete, cada sacola plástica que essas pessoas deixam na praia e jogar tudo de volta no jardim de suas casas. se bem que esse povo é tão limitado - que certamente não vivem em casas - e sim em aglomerados, muito provavelmente sem jardim. enfim....melhor seria mesmo juntar todo esse lixo e enfiar no toba de cada um desses xucronáceos!
em finais de semana do verão, é desanimador caminhar na praia ao final do dia! as manhãs de segunda-feira então....é vergonhoso.
eu fico mesmo de cara, muito puto mesmo, em pensar que talvez meus netos não terão oportunidade de viver a natureza em seu estado real e puro. é muito triste imaginar que as futuras gerações não terão oportunidade de estar próximo a um boto-cinza nas peças, ou mesmo mergulhar com as tartarugas na ilhota do farol em matos.
enfim...melhor parar por aqui, antes que continue a ruminar tamanho rancor pela realidade! tenho mesmo é que pegar logo a mochila, e rumar pra algum atol perdido no pacífico, ficar jogado por lá! a eterna busca pela pílula vermelha! definitivamente, não pertenço a essa realidade!

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

porquê?

acredito que a pequena deveria ter não mais que 7 anos de idade. talvez uns 6 anos!
viajava com os pais e a pequena irmã, ainda bebê, e ocupávamos a mesma fila de assentos - porém separados pelo corredor.
ela não parava da falar um instante! de forma amena, talvez na tentativa de conter a ansiedade da menina, a mãe procurava distraí-la com a leitura da revista de bordo.
mesmo assim, ela não parava de falar um instante.
vez ou outra, a mãe cochichava algo no ouvido dela - talvez dando "instruções" - e por uns segundos, a pequena se esquivava....acomodando-se hora ao assento, hora a janela.
até que lá pelas tantas, depois de mais um cochicho seguido por mais um instante de silêncio, a pequena líder mandou essa:
- mãe....porque o avião tem que ser pesado para voar?

sensacional! um brinde aos "porquês" de nossas vidas!!! alguém aí arrisca uma resposta?!

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

middle east

nunca diga nunca!
pois então... e os ventos acabaram por me levar para longe desta vez!
em uma manhã ensolarada, deixamos o país do futuro para trás, assim como o azul do atlântico. rachamos o continente africano ao meio – Nigéria, Camarões, Chad e Sudão! depois foi a vez de vencer o mar vermelho e toda sua rica vida marinha, então os primeiros grãos de areia e a Arábia Saudita ficaram para trás quando finalmente, encontramos as águas do golfo pérsico sobre o Bahrein já muito próximos de nosso destino final!
ainda era madrugada por lá, quase amanhecendo, quando pisei pela primeira vez em um canto do planeta que jamais imaginei visitar. Abu Dhabi foi meu portão de entrada para o “middle east”!
emirados árabes unidos – até pouco tempo atrás, não significava muito mais para mim do que areia, camelos, e um bando de cabeças de pano que ficam babando sobre um malandrão, o tal do sheik – que faz o tipo “dono do circo”!
o tempo por lá era curto, pouco mais de 36 horas, e o desafio era fazer valer a oportunidade!
as primeiras impressões estavam de acordo com as expectativas: muito calor e muita areia! se em lugares como cuiabá, manaus, nias eu quase entrei em liquefação, aquela terra mostrou que tem potencial para que eu vaporize! no "verãozinho" deles, temperaturas acima de 50 grauzitos é normal!
a caminho do hotel em Abu Dhabi , as enormes mesquitas impressionam e um cenário de contrastes vai então se revelando, sobre as sombras dos guindastes que parecem semear skyscrapers por todos os lados.
a aridez do solo também impressiona: muito cascalho e muito sol, faz duvidar que algum tipo de vida, a não ser mesmo os cabeças de pano, sejam capazes de resistir a tanta radicalidade da natureza! mas na real, não é bem assim! além dos camelos, o deserto tem uma vida própria, um ecossistema admirável!
porém, o que faz daquele lugar tão inóspito um paraíso para muitos, é exatamente o que está abaixo de toda aquela paisagem árida e desoladora do deserto: the magic oil!
rodando por Abu Dhabi, é fácil entender o poder da indústria do petróleo. só mesmo muito dinheiro para transforma pedra em grama ou areia em água! é exatamente isso que os caras estão fazendo por lá!
aproveitei a oportunidade, e depois de um rápido sono de 2 horas, rumei para Dubai – a cidade dos olhos do momento. muito se ouve falar sobre Dubai, então fui dar uma conferida.
acertei com um tiozinho local, ao custo de 60 doletas (duzentos e vinte “dinheiros” deles – incluindo o cafezinho) um tour pela cidade que fica aproximadamente 100 km de Abu Dhabi. estrada lisa sem um buraquinho sequer, e muito menos uma praça de pedágio. logo na saída, passamos pelo acesso do “ Yas Marina Circuit”, que vai receber o GP de F1 que encerra a temporada de 2010. dali é possível ver toda a estrutura do parque temático da Ferrari, e a
montanha russa mais veloz do mundo : 240 km/h! pra meu azar, faltavam 5 dias para inauguração, justamente no final de semana do GP! Enfim...não se pode ganhar todas! Mas posso dizer, que olhando de fora “o baguio é nervoso, mano!!”
chegamos a Dubai em pouco mais de uma hora de viagem. no caminho, enquanto curtia a paisagem de sempre – areia, areia e areia – troquei uma idéia com o motorista sobre como é a vida por lá: cultura, família, turismo, infraestrutura, governo, violência, enfim....absorvendo o máximo de informações possíveis. obviamente, que comparado com a nossa realidade, as diferenças são absurdas. tudo é mesmo muito diferente, e só estando lá para entender um pouco desse cenário tão contrastante. ainda no caminho, definimos um roteiro para o dia – e a
idéia inicial era conhecer o “Burj Khalifa”, edifício mais alto do mundo na atualidade.
ainda nas via de acesso a cidade, uma avenida com 6 pistas para cada sentido, é possível compreender porque dos olhos do mundo estarem voltado para lá! aquilo tudo é um enorme canteiro de obras, com infindáveis edifícios de arquitetura modernista crescendo a um ritmo frenético. passamos pelo porto da cidade, e então, ao observar os elevados do metrô e suas estações com designer pra lá de futurista, lembrei na hora dos “Jetsons” – um desenho animado da época de infância.

"a vila dos jetsons" # Dubai / nov 2010

infelizmente, os tickets para subir ao topo do edifício mais alto do mundo estavam “sold out” naquele dia e não foi dessa vez que cheguei ao “topo do mundo”!! porém, quando cheguei aos pés do tal edifício, muito familiar graças ao “megaconstruções de Discovery Channel”, eu realmente entendi o “espírito” da coisa!

"Burj Khalifa - edifício mais alto do mundo # Dubai / nov 2010"

talvez, a melhor maneira de compreender aquilo tudo, é imaginar um desafio no jogo SIMCITY onde os recursos financeiros para cada jogador são ilimitados. cada jogador, é um sheik na vida real – ao total de seis – e entra dia e sai dia, a “brincadeira” continua.


"jogando SIM CITY - visual modernista / Dubai / nov 2010"

o espírito competitivo é tamanho, que a busca pela “vila” perfeita permite realizar loucuras como esquiar ou praticar snowboard em pleno deserto! não estou de sacanagem! acredite quem quiser, mas a primeira vez que pratiquei snowboard na vida, foi dentro de um shopping em Dubai (Ski Dubai)! e digo mais: muito gelo e frio de verdade em uma ladeira gigantesca! impressionante!
não menos impressionante foi visitar, também dentro de outro shopping center, o “Dubai Aquarium and Underwater Zoo”. de arquitetura única, um túnel nos permite literalmente, entrar dentro do mesmo e ficar a centímetros de tubarões, arraias gigantes e grandes cardumes de peixes – sem tomar uma gota, dos 10 milhões de litros de água do aquário! oportunidade para conhecer a maior coleção de tubarões (sand tiger shark # Odontaspis taurus)do mundo . uma loucura mesmo! tudo bem que do ponto de vista da ética ambiental, o conceito não é muito interessante. mas assim como esquiar no deserto,a proposta de “mergulhar” com tubarões em pleno shopping center também é de endoidecer! por aí, se pode ter uma idéia das loucuras que o dinheiro pode proporcionar!
cada um que tire suas próprias conclusões!

"por dentro do maior aquário do mundo # Dubai / nov 2010"

aproveitei também para conhecer o lado menos ocidental da coisa, em busca da real essência daquele mundo – algo mais “roots”. convencemos o motorista a nos levar para a região menos rica da cidade, algo como um típico mercado popular. lugar bacana, muito diferente da Dubai multimilionária, e que serviu mesmo para mostrar que a vida por lá pode não ser assim tão bacana! enquanto caminhava pelas ruelas apertadas e recheadas de lojinhas e lanchonetes vendendo aqueles lanchinhos nada atraentes, partiu das mesquistas, em altíssimo som o chamado para a reza, que ecoa por toda a cidade. tradição local que pelo que entendi, e que acontece várias vezes ao dia. achei tudo aquilo muito tenso, invasivo! fico pensando que não seria nada confortável ser obrigado a ouvir aquele som, obviamente ininteligível para nós, todo o dia! eu ficaria muito puto com isso – e submeter esposa e/ou filhos a tal exposição, está realmente fora de qualquer contexto! mais uma vez, pude ter a certeza de que o fanatismo religioso é mesmo uma arma perigosa e poderosa. o povo de lá está mesmo possuído pela religião, e ao viver aquilo tudo, é muito fácil entender o porque de uns e outros amarrarem bombas no próprio corpo e sair por aí, explodindo tudo. apesar de tudo, valeu mesmo pela experiência!!

" middle east - versão "roots" - nov / 2010"

antes do o dia acabar, passeamos por algumas outras atrações da cidade, como o famoso hotel em forma de vela de barco, o “ Burj Al Arab”, que é realmente imponente!
de volta a Abu Dhabi, um rápido jantar na cidade e mais um sono de poucas horas para aproveitar a manhã seguinte. algumas horas na praia artificial do hotel, com direito a bangalôs e areia branca, como se estivéssemos no Tahiti!
e por falar em “como se estivéssemos....”- acho que é por aí! penso que o grande lance dos caras é mesmo o turismo. uma tentativa de levar para aquele canto do mundo, um pouco do tudo que o planeta pode oferecer, sem muito preocupar com o quanto tudo isso pode custar....ao menos que enquanto existir o petróleo.
enfim....valeu a trip! valeu a oportunidade de conhecer, viver um pouco da realidade e aprender muito mais sobre uma cultura, sobre mais um pedaço de mundo!

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

tempestade no deserto

believe or not!
mas sobre a influência dos ventos dessa louca vida louca...acabei indo parar no "middle east"!
assim que terminar a epopéia pelas terras dos camelos, mando as novas!
que feeeeeling!!!
por hora o desafio é vencer o fuso e encarar o sol do deserto - prontamente equipado em forma de "cabeça de pano"!
hey ho lets go!
valeusss!

domingo, 24 de outubro de 2010

duelo de cores

para uns, apenas mais um dia....
para outros, nada como um dia após ao outro....
mas para "nosotros", nada como um nascer do sol após o outro!
na real, lamento pela maioria que não dá valor a eventos como esse! talvez esse povo tenha mesmo razão em reclamar da esposa, do vizinho, da sogra ou do seu time de futebol!
talvez esse povo, tenha mesmo razão em preocupar-se com coisas mais interessantes, tais como o que irão vestir hoje e/ou se haverá lugar para seus carrões no estacionamento do shopping!
eu não sei, mas sinto que para essa grande maioria, idiotices assim, são realmente mais importantes do que "perder o tempo assistindo ao nascer do sol"!
por razões que talvez eu não consiga mesmo explicar, mas enfim......mais uma vez, do alto e sobre o oceano atlântico - lá eu estava, e por lá aproveitei a oportunidade de contemplar mais um inesquecível duelo de cores e tonalidades sobre o céu!
talvez por considerar o nascer do sol uma representação maior do que o início de um novo dia, e sim uma espécie de celebração a vida, é que ouso por aqui, através de um pequeno registro fotográfico, compartilhar um pouco dessa energia com alguém....
como diz um conhecido: "sê bem vindo!"

sábado, 23 de outubro de 2010

oceanis

é como se a vida fosse um parque de diversões, com milhares de gangorras que hora ou outra, escolhemos para nos divertir....
povo de oceano, na gangorra do mar! # 2010

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

pausa

em manutenção...

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

london

londres é outra cidade foda!
mesmo sobre os constantes alertas da indústria do terrorismo para se evitar locais de "grande visibilidade e aglomeração", me joguei pra rua atrás de mais divertimento!
aproveitei e encarei a London Eye - já que a não havia ninguém por lá! passeio bacana! mesmo sob a sombra de um típico dia de outono, o visual da cidade é alucinante! e uma vez lá em cima, é impossível apreciar o prédio do parlamento sem lembrar de "V for Vendetta"!
depois de muito caminhar por lá, rumei para curtir o final do dia em Camdem Town! muito material bacana por aquelas lojinhas!
acabei ficando um pouco mais que o previsto por lá! troquei o chá das 5 por alguns "pints" no pub em frente a camdem station. acabei dando mesmo o balão na rainha! até tentei avisar sobre um possível "atraso" - mas parece que os guardinhas não passaram o recado pra ela! whatever....

"passando o recado pra rainha"

mas o que valeu mesmo, foi encontrar e trazer na mochila o último trabalho do BR: "the dissent of man" - released no último dia 28 de setembro!
os caras que estão comemorando 30 anos de muito punkrock e de muito tapa na orelha da sociedade, estavam trabalhando desde 2008 em cima desse projeto. sobre as trilhas, curti mesmo "won't somebody" - que consta na versão acústica "deluxe" do NMOH, mas ficou beeeem melhor agora e "someone to believe"!
e por falar em lançamentos, já está disponível para vendas o novo livro de Greg: "anarchy evolution - faith, science and bad religion in a world without a god" - que só pelo título, já arrepia!
agora é correr atrás do livro e curtir o novo som dos caras!

"the dissent of man # 2010"

terça-feira, 28 de setembro de 2010

sacro império

de volta ao velho mundo, de volta o outono europeu, de volta ao frio! já estava com saudades desse friozinho Europeu!
agora em terras do antigo "Sacro Império Romano Germânico" e com a companhia do meu velho pai! muito bacana!
saímos cedo do hotel rumo a estação central de Frankfurt e de lá, depois de 01:30 de trem rumo ao sul, chegamos a simpática e típica cidadezinha alemã: Heidelberg!

"o criador e a cria # Frankfurt Hauptbahnhof # 28 SEP 2010"

por lá, nem o frio e muito menos a fina garoa apaziguaram nosso ânimo! Hidelberg tem seu primeiro registro histórico documentado em 1196. de lá pra cá, muita água passou pelo rio Neckar, que corta a pequena cidadezinha! na região de "Altstadt" (cidade antiga), está a primeira universidade da alemanha, que abriu suas portas em 1386.
acho que já registrei algo parecido por aqui, mas penso que ainda cabe a pergunta: onde mesmo estávamos (país Brasil) em 1386?
obviamente, que a universidade não passou "incólume" pelo período da escuridão - e depois que a humanidade em parte livrou-se da igreja católica, a pequena universidade voltou a cumprir seu importante papel social em 1803....e que assim permaneça por longos e longos anos!

"deixando o pensamento viajar no tempo.... # Universitätsplatz / Heidelberg # SEP 2010"

ainda por ali, na "Altstadt", visitamos o "Heidelberg Schloss"! outra mega viagem no tempo! nem precisamos de muita criatividade para imaginar o quanto de história não se "acumula" em qualquer castelo medieval europeu! em Heidelberg, não é diferente!
as primeiras referências do castelo datam de 1225, mas adquiriu a forma atual a partir de 1544. por ali, durante o reinado de Luis V, esteve em busca de apoio Martinho Lutero - tido como um dos mais famosos líderes da Reforma Protestante.
mas pena que Lutero chegou muito cedo! pois em 1751, o sommelier da corte, sr. Jacob Englert construiu um "pequeno" barril para armazenar vinhos com pouco mais de 6,5 metros de comprimento e pasmem; 9 metros de diâmetro! pensa em um barril gigantesco, abarrotado de vinho! não tinha essa de mulher feia no castelo! pois nem precisa dizer que mais uma vez, "perdi a noção do tempo" em frente ao barril de 228.000 litros de vinho!
talvez, com um pouco mais de vinho, Lutero tivesse desistido da reforma....
isso, e muito mais, está tudo lá dentro do castelo de Heidelberg! vale muito a visita!


"Heidelberg Schloss" # SEP 2010

de muito caminhar, nada como uma boa cerveja alemã! encostamos em um restaurante que oferecia "draft beer" diretamente da Oktoberfest que está rolando em München e por ali ficamos, curtindo o final do dia e mandando muito "Sauerkraut" para dar aquela forrada!
eita lugarzinho bacana pra se jogar essa tal de Alemanha! mesmo sem surf, a diversão rola solta!
e por aí segue a trip! hora de recarregar as baterias antes de mais um dia de curtição em terras germânicas antes de voltar pra PL! valeus!


sexta-feira, 24 de setembro de 2010

vergonha

é muito fácil sair por aí falando um monte, criticando algo ou alguém! e tem uma galera que realmente curte mesmo soltar besteiras ao vento, sem a mínima responsabilidade! em tempos modernos, na "era do twitter" tudo fica ainda mais fácil!
por essas e outras, que volta e meia quando algo "trava" na garganta, por mais vontade que tenha de meter a boca no mundo, eu procuro ficar na minha - ainda mais quando há de minha parte, uma razoável pobreza de conhecimento. aprendi com o passar dos anos, que "ficar de boa", ou não se meter em assuntos em que não se tenha domínio ou conhecimento, é uma atitude muito mais saudável do que poderiam imaginar!
porém, depois do que li há pouco sobre o tal julgamento da validade da "Lei da Ficha Limpa" no STF, eu desanimei!
aquela coisa: eu sei que sou muito leigo no assunto - e deixo o universo jurídico e seus labirintos, a cargo do meu nobre amigo Hildones - mas como cidadão, é impossível ficar calado!
qual é a desse presidente do STF, o sr. Cezár Peluso? o que o homem está fazendo naquela cadeira? por um acaso, não estaria vossa excelência em uma função em que se exige, ou ao menos se espera, uma decisão? será mesmo muito "difícil" para um ministro do STF tomar uma decisão? ora bolas, nobres senhores! estaria eu pedindo demais? penso que sim!
as infelizes declarações do ministro presidente do supremo soaram como um tapão na orelha do cidadão! estou com os ouvidos "assoviando" depois de tanto levar na orelha!

"O comandante do Supremo, Cezar Peluso, resumiu o tom de seu voto logo de saída: "Não me comovem pressões vindas da opinião pública, ou da opinião publicada, ou por segmentos do povo, ou por instituições"."

uma forma educada de mandar um belo "FODA-SE" para a sociedade! mas ainda não satisfeito, mandou mais essa:

"Não tenho vocação para déspota", afirmou Peluso para deixar claro que não votaria duas vezes para desempatar a questão.

para concluir, penso que a verdadeira lição disso tudo, é que existe mesmo um "mar de loooooosers" em terras tupiniquins! infelizmente, para minha tristeza, vivo em uma sociedade que preza os mais hábeis em permanecer "em cima do muro" - e parece que aqueles que um dia foram convocados para servirem de referência, concordam com tudo isso!

vou dar uma de Peluso agora: não me comovem as pressões vindas da opinião pública, segmentos do povo, ou por instituições......eu vou é pro surf!
abrs!

terça-feira, 21 de setembro de 2010

mulher-bomba

once again....em terras do velho mundo!
dessa vez, os planos eram passar o dia na Sorbonne, conhecendo e explorando um pouco mais da biblioteca daquela universidade.
porém, pouco antes da partida do Brasil, informaram-nos que Paris estava em estado de alerta após anúncio de ameaça terrorista....e assim permanece!
de acordo com a imprensa local, funcionários da área de inteligência da Árgélia (antiga "colônia" Francesa em território Africano) relataram risco de um possível ataque suicida. a bomba teria sido planejada para ser usada por uma mulher, cujos alvos seriam o sistema de transporte metroviário de Paris ou lugares de grande movimentação pública. com isso, lá se foram os trens e metrôs!
os jornais também lembram que o alerta acontece logo após a proibição do uso dos véus que cubram o rosto em locais públicos franceses, na semana passada, e depois das recentes ações do exército francês contra militantes islâmicos na África do Norte.
desde a última sexta-feira, a torre Eiffel, por duas vezes; e ontem, uma importante estação de metrô, foram evacuadas. muita confusão e estresse desnecessário! tudo o que não preciso por hora, é encontrar uma mulher-bomba em Paris! ainda pretendo pegar muita praia pela frente....
por isso, a alternativa que resta é se entregar a "crêperie" que tem aqui ao lado, na vilazinha de Roissy en France!
allez-vous?


domingo, 19 de setembro de 2010

alive

é costume dizer que uma imagem, vale por mil palavras. talvez seja mesmo verdade! ao menos, depois de cruzar com as fotos abaixo, estou realmente acreditando nisso!

“sol, maresia e boa companhia”

lembranças muito bacanas! a questão é que mais uma vez, depois de dias como os últimos, ressurgem milhões e milhões de questionamentos sobre as “trilhas” que optamos por seguir! talvez, uma boa opção seria “desprezar” esse turbilhão de dúvidas, eliminar de uma vez as “amarras” e seguir a risca a filosofia do “carpe diem”! não é de agora, que a idéia de colher o dia como se fosse um fruto maduro que amanhã estará podre, perambula pelas profundezas da minha mente! mas novamente, a tal zona de conforto, e as conseqüências de um eventual “chute no pau da barraca” acabam por aquietar aspirações mais ousadas! os dias vão se passando, meses e anos acumulando e a vida passando! fuck! vida não pode ser economizada para amanhã!

“absorvendo energia do oceano”

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

bandeirolas

cenário desesperador nas ruas e esquinas de PL....
um bando de desocupados, que mais parecem zumbis saídos daquele clip "thriller" do MJ. só pode ser! porém, ao contrário daquela noite (a do clip), agora eles tem mais o que fazer: movimentar as bandeirolas dos candidatos ao próximo pleito! convenhamos ficar "dando bandeira" ainda é muito melhor do que dançar com MJ! não é mesmo fácil essa vida de zumbi!
mas pior ainda é a nossa vida - pois estamos obrigados a conviver com essa coisa, esse festival de bandeiradas por todos os lados!
essa semana, o trecho da pr-407 que corta o balneário de xangriláts me fez lembrar da 1st Ave em NYC, na altura do prédio da ONU, tanto eram as bandeirolas na beira da estrada! que coisa maluca isso! poluição visual ao extremo!
e por falar em poluição visual - o que não são as fotos, os tais "santinhos" gigantes espalhados em cavaletes pra lá e pra cá! horroroso!
mas e o tal "fotoshop" rolando solto na base do "ctrl+v" e "ctrl+c"!!! quanto não anda valendo um santinho ao lado do nosso sorridente presidente!!???
enfim, todas as vezes é a mesma coisa! nada muda! a máquina do estado fazendo valer nossos impostos! nem acho justo perder mais tempo com toda essa coisa....de saco cheio já!
sacudo desse povo, sacudo dessa falsa democracia e todo esse falso discurso sobre o poder do "seu voto"! tudo é uma grande lenda! tudo é não passa de uma grande ilusão....assim como nos clips do MJ!

sábado, 4 de setembro de 2010

nature

seguindo o ritmo da matéria da vez na facul, em um curso que a cada dia empolga mais, fui visitar o Museum National d'Histoire Naturelle, em Paris!

"GRANDE GALERIE DE L'EVOLUTION # Paris # 04 set 2010"

isso tudo através de uma abordagem tipicamente européia do tema - simples, direta e eficiente - ao contrário da versão do outro lado do atlântico, o American Museum of Natural History, em Nova York com dimensões dantescas, riqueza de acervo e muito "entertainment", "as usual" por lá!
uma tarde é suficiente para visitar a "Grande Galerie de l'Évolution"!
por lá eu conheci toda a história do narval , um cetáceo de grande porte (4/5 metros de comprimento e 1,5 ton) pertencente a família monodontidae, que inclui a beluga.! seu habitát são as frias águas que circundam o círculo polar ártico. os machos da espécie, possuem um dente incisivo superior esquerdo que se projeta como um chifre, enrolado em espiral.
composto de marfim, pode atingir até 3 metros de comprimento - quase metade do comprimento do animal - e acaba por se constituir em um órgão sensorial de características excepcionais, tornado o apêndice um dos mais notáveis do planeta! realmente, supreendente!
o que infelizmente, não surpreende, é a ganância do homem. o alto valor comercial (sempre tem um filha da puta ganhando dinheiro em cima!) do marfim acaba tornando atrativa a caça da espécie!
até que um dia, o babaca do ser humano consiga destruir para sempre o que a natureza levou milhões de anos para "construir"!
"narval (Monodon monoceros) # mais um espetáculo da evolução! santo darwin!"

no subsolo do mesmo prédio, até o dia 14 de fevereiro de 2011, é possível visitar a exposição "Dans l'Ombre des Dinosaures". agora sim, fazendo jus à fascinante e empolgante matéria da vez: História Geológica da Vida!
a exposição é uma viagem ao passado, mais precisamente para um dos maiores "turning-points" na história da vida no planeta Terra, 65 milhões de anos atrás, época em que os dinossauros compartilhavam o planeta com pequenos mamíferos.mamíferos esses que, em razão de seus extraordinários desenvolvimentos, "resistiram" a crise que modificou o equilíbrio do planeta, ao final do Cretáceo, e causou a extinção dos dinossauros.
muito legal, aprender mais sobre um tema que tem muito a dizer! a paleontologia é uma ciência contagiante!
então, por lá também conheci de perto uma amonita gigante! as amonitas eram animais marinhos que ocupavam o nicho ecológico das atuais lulas. apresentavam dimensões muito variáveis, de alguns centímetros a metros de diâmetro, como a "pequena criança" da foto abaixo! a espécie abaixo (Parapuzosia sppenradensis) desapareceu junto com os dinossauros, ao final do Cretáceo - para certo alívio da comunidade do surf!

"Amonita Gigante"- Ammonoidea é um grupo extinto de moluscos cefalópodes

estar frente a frente com um fóssil de 95 milhões de anos é realmente uma experiência bacana! excelente oportunidade para rever conceitos como o tempo, por exemplo, e o modo que cada um se aproveita do mesmo!
na real, acho que é impossível conceber tamanha dimensão temporal! fica tudo a cargo da imaginação mesmo! a restrita noção de tempo que nos cabe, presa aos minutos, dias, meses e no máximo anos - mais uma vez nos faz repensar o conceito de ansiedade!
whatever....
em resumo, depois de um dia intenso como o de hoje, a grande lição que fica, diz respeito à importância de reconhecer e entender a diversidade biológica - espécie e ecossistemas; como essa biodiversidade varia no espaço e no tempo; o que causa essas variações - o meio-ambiente, a vida, a sociedade; quais são as consequências dessas variações - econômica, cultural e ecológica - e o que nós queremos disso tudo! afinal, transcrevendo os dizeres ao final da exposição:

"If after billions of years
there is still life on Earth,
it is because it is capable of changing.
Our responsability
is to leave that capability intact."

aprendizado

depois de mais uma "bordoada na orelha" da vida, mais uma lição aprendida: não devemos levar a vida tão a sério! mas enfim, aos poucos superando....
mas não sem antes registrar aqui, que o verbo superar não significa esquecer, "deixar pra lá".
é preciso estar atento aos "movimentos do tabuleiro" de agora em diante, e não mais baixar a guarda! a dor do aprendizado....
outra: entender, de uma vez por todas, que sempre temos um preço a pagar pelo o mínimo de poder que conferimos a outra pessoa - principalmente aos nossos chefes, "empregadores"- a quem concedemos o poder de gerenciar nossas carreiras!
para encerrar o assunto, buscando sempre o lado positivo: mais uma para o logbook!
enough is enough!

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

pro além

e a vontade de mandar tudo pro além a cada dia aumenta mais....


domingo, 29 de agosto de 2010

haze

depois de uma semana intensa em PL, de volta ao trabalho!
nada de surf - pois as ondas desapareceram de lá assim como as chuva trazidas pelas frentes frias!
a semana começou pesada com o tiroteio que paralisou a todos em shangriláts! a boataria tomou conta de PL e Pontal - o que me fez lembrar da "voice" em "V for Vendetta"! incrível a velocidade, o poder e o efeito da boataria! a informação, nem sempre "digerida" antes de ser transmitida, tem mesmo um poder arrebentador..... e leva toda a massa ao caos!! assim começou a semana no eixo PL/Pontal - com muito "diz-que-diz-que" e mais uma lição: o poder da manipulação das massas é muito maior do que um dia, eu imaginei! abram os olhos, ou melhor, "fechem os ouvidos" e estejam atentos a "voice"!
depois, por força da carga de trabalho das saídas para ilha, antonina e mangue do maciel as coisas foram voltando à normalidade!
tanto é que na sexta, quando no evento de comemoração dos 10 anos do CEM, todos estavam de boa! aliás, é legal fazer parte, ao menos por hora, dessa massa crítica que habita o extremo da restinga em Pontal! vida longa ao CEM!
e então, de volta a SP! não que eu esperasse muita coisa diferente - mas muita poeira, muita poluição e o ar muito seco acabaram por derrubar o escriba! até o sol sofreu por aqui hoje! ao final do dia, a névoa seca era tamanha que distorcia os raios luminosos, quase "tampando" o astro-rei enquanto o mesmo buscava descanso no horizonte!
com tudo isso, não deu outra: acordei lesado! talvez uma mistura de resfriado com o desconforto da falta de umidade do ar! e a tarde do domingão que prometia, acabou sendo na cama....mauzão!
vamos ver se amanhã as coisas melhoram por aqui e então, se nada mais mudar, eu possa voltar 100% pra PL! tudo o que mais desejo por hora, é voltar a respirar o ar úmido e confortante da beira do mar! maresia....onde está vc?!?!?
de resto é isso....controlando a expectativa para o mês de outubro, que pode trazer muitas mudanças....ou não! esperar pra ver!
"sunset # SP - haze day! # 29 AGO 2010"

domingo, 22 de agosto de 2010

round trip

a vida é feita de desafios!
Laura Dekker, uma jovem velejadora holandesa leva a afirmativa a sério!
dentro de poucas horas, ela deverá dar início a uma velejada recheada de desafios, e seu maior objetivo, é concluir a sua viagem antes de completar 17 anos, no dia 20 de setembro de 2012 - e assim, tornar-se a mais jovem velejadora a fazer uma viagem solitária de circum-navegação.
aos interessados, será possível acompanhar a trip acessando ao blog de Laura.
boa menina! garota de atitude! é assim que se faz!
excelente exemplo de inspiração para muitas almas acomodadas que perambulam por esse planeta!
se pudesse encontrá-la agora, ainda no pier, a poucos minutos antes de sua partida em Gibraltar, acho que eu diria:
- ei! aproveite! boa viagem!
então, daria uns passos para trás, me acomodaria em algum canto e por ali ficaria, apreciando a silhueta do veleiro "guppy" sumindo no horizonte!
Laura sabe que os desafios são os pequenos "temperos" da essência da vida!
go for it, girl!




sexta-feira, 20 de agosto de 2010

dúvidas

antes de dormir, oportunidade para registrar algumas dúvidas que me ocorreram durante o dia:
uma: porque todo motorista de ônibus se refere ao seu ônibus como carro?
outra: e o mais antigo cassino eletrônico do brasil, a surpreendente e híbrida tele-sena do seu silvio santos - até quando????
última: existe vida inteligente no universo de leitores da revista caras?
enough!
dia inútil....

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

lendas

na estrada agora a tarde, sentido serra acima, deixei os pensamentos viajar...
sabe-se lá de onde, me diverti fazendo um levantamento das possíveis grandes mentiras da humanidade - aquelas que ninguém percebeu ainda!
acho que a melhor delas, é a história do tal osama barbudo! na real, acho que esse maluco não existe! assim como tudo no país do tio sam, osama também é fake! com toda a tecnologia disponível, com toda a "sede" dos americanos em capturar o maluco - o cara continua por lá, escondido em cavernas no meio do deserto! fala sério! parou para pensar, que loucura não seria se um dia, o mundo descobrisse que o barbudo é uma lenda?? vai que é tudo uma graaaande mentira?!!?
hoje a tarde, eu parei para pensar....

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

frankfurt am main

mesmo com a insistente garoa, saímos em busca de diversão em frankfurt!
e apesar do mau-humor do atendente indiano, que foi devidamente "ripado", ganhamos o dia ao subirmos no topo do Halaba Tower (http://www.360cities.net/image/frankfurt-halaba-tower-frankfurtmain#196.00,15.00,70.0)!
não apenas pelo visual, mas pelo elevador com velocímetro:ganhamos 190 metros em 40 segundos! animal!

em breve, mais detalhes da trip! agora, em cima da hora! arrumar as tralhas e rumar pra PL! valeusssss!